Deputado João Peixoto morre em decorrência de coronavírus

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) comunicou hoje a morte do deputado João Peixoto (DC), em decorrência da Covid-19. Ele tinha 75 anos e estava internado no Hospital Dr. Bêda desde o dia 27 de agosto, em Campos dos Goytacazes, sua cidade natal. A Alerj fará uma sessão solene em homenagem ao parlamentar, na tarde desse quarta-feira, às 15h. O presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), decretou luto oficial por três dias, com as bandeiras a meio mastro.

João Peixoto exercia seu sexto mandato na Alerj. Líder do Democracia Cristã na Casa, também foi vereador em Campos, na década de 1990. Casado e pai de três filhos, Peixoto ficou conhecido por ser autor da lei que levou o abastecimento por GNV para o Norte Fluminense.

Ceciliano lamentou a morte do companheiro de plenário e apresentou suas condolências à família. “É triste constatar a perda de mais um amigo, que deu uma grande contribuição à política do nosso estado, partindo dessa maneira”, afirmou. Em função do falecimento do deputado, em seu lugar assume o suplente Eurico Júnior (PV). Júnior foi deputado federal, vereador e prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *