PF realiza operação contra fraudadores na Infraero

A Polícia Federal deflagrou hoje (21) a Operação índia. A ação tinha por objetivo agir em combate a suspeitos de fraude em licitações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). De acordo com os agentes, as investigações revelaram que entre os anos de 2016 e 2018 funcionários da empresa junto de empresários dos ramos de turismo e de alimentação realizavam o esquema ilícito. Foram cumpridos 19 ordens judiciais de de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Paraná, Rio Grande do Norte e Distrito Federal. No estado do Rio de Janeiro o alvo foi uma empresa localizada na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

O esquema ilegal veio a tona devido a uma apuração interna feita pela própria Infraero. Na atividade ilícita empresas eram escolhidas para ocupar as áreas de lounge e os quiosques de alimentações dos aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e de Congonhas, em São Paulo. Funcionários da Infraero davam um preço abaixo do real as áreas e desqualificavam as empresas não participantes nos crimes. O prejuízo com as escolhas menos vantajosas para a Infraero é estimado pela Polícia Federal em R$ 10 milhões. Os suspeitos responderão pelos crimes de associação criminosa, corrupção, violação de sigilo funcional e crimes licitatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *